Manaus recebe prêmio ‘Inova Cidade 2018’ pelo planejamento estratégico de ações futuras

A boa gestão administrativa da Prefeitura de Manaus foi mais uma vez reconhecida dentre as demais capitais brasileiras. Na noite da última terça-feira, 17/4, Manaus recebeu o prêmio “Inova Cidade 2018”, promovido pelo Instituto Smart City Business America, no Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo da cidade de São Paulo.
Com a presença de representantes políticos de várias cidades de todo o país, Manaus foi destaque pelo desenvolvimento do trabalho “Mobilidade Urbana”, que reúne estudos para transformar a capital amazonense em uma cidade inteligente. O projeto integra as ações do planejamento estratégico “Manaus 2030”, que começou a ser implementado no ano passado e que projeta a cidade, do ponto de vista administrativo e orçamentário, para os próximos 12 anos.
“Esse prêmio é um reconhecimento à visão futurista do prefeito Arthur Virgílio Neto e demonstra que estamos no caminho certo para fazermos de Manaus uma cidade inteligente, levando benefícios à população, que é o principal objetivo da nossa gestão”, destacou o subsecretário de Tecnologia da Informação e Serviços, da Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef), Richard Costa, ao receber a premiação.
Os critérios de avaliação do prêmio “Inova Cidade” levam em conta as iniciativas que contribuem para a melhoria da qualidade de vida nas cidades. São premiadas iniciativas ou projetos que tenham causado impactos positivos mensuráveis e reconhecidos pela sociedade, realizado pela administração pública, iniciativa privada ou pela sociedade civil.

‘Manaus 2030’
O Plano Estratégico da Gestão Municipal “Manaus 2030” foi instituído com pelo Decreto 3.712/2017 e, entre as ações já desenvolvidas, reúne os eixos temáticos a serem trabalhados em cada um dos órgãos da administração municipal nos próximos 12 anos, nos quais o orçamento estará casado com as ações a serem desenvolvidas.
O planejamento conta com a participação de todas as secretarias, sob a coordenação de um comitê, integrado pelas secretarias municipais de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), Finanças, Controle Interno e Tecnologia da Informação (Semef), além do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) e da Secretaria Municipal de Parcerias e Projetos Estratégicos (Semppe).

— — —
Texto: João Pedro Figueiredo / Semcom
Fotos: Divulgação Semcom