Até novembro, receita tributária já acumulou R$ 623,4 milhões

Alfredo Paes destacou o desempenho da máquina financeira do município e o êxito da receita anual

 

A menos de um mês para o fechamento do ano, a receita tributária do município já registrou uma evolução acima de 17%. Os tributos municipais do município renderam aos cofres da Prefeitura receita de R$ 623,4 milhões, isso no acumulado de janeiro a novembro.

O carro-chefe da arrecadação municipal, o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), já acumulou em onze meses o montante de R$ 418,9 milhões, ou seja, 15% superior ao mesmo período do ano anterior. O Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), também figura evolução no quadro comparativo com 2011. Até novembro foi responsável por R$ 71,2 milhões da receita tributária, 44% a mais que o ano passado.

“Esses números revelam o desempenho positivo da máquina financeira do município. Uma vez que eles independem de repasses da União ou do Estado. São receitas próprias, provindas do esforço da Prefeitura. Esse resultado é fruto de um trabalho que vem sendo desenvolvido ao longo desses três anos, onde só tivemos êxitos nos números e arrecadação”, destacou o secretário Municipal de Finanças, Planejamento e Tecnologia da Informação (Semef).

Quanto aos números globais da arrecadação, incluindo os repasses, a receita acumulada já ultrapassa a R$ 2,6 bilhões, avanço de 18,8% em relação a 2011. De janeiro a novembro, as transferências correntes – onde se incluem os repasses do Fundo de participação dos Municípios (FPM) e do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) – já somam R$ 1,9 bilhão.

.

ASSESSORIA DE IMPRENSA – SEMEF

ANDERSON FARIAS (92) 8842-1210