Contratos de aluguéis do município passam por reavaliação

Tapajós informou que a maioria dos imóveis alugados ao município atende a demanda de escolas

 

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Finanças, Planejamento e Tecnologia da Informação (Semef) iniciou uma minuciosa reavaliação dos contratos de imóveis alugados aos órgãos colegiados do executivo, como prevê o pacote de medidas do programa de gestão “Todos Juntos por Manaus”, que visa a recuperação financeira do município.
Com intenção de ‘enxugar’ ao máximo os custos dos atuais aluguéis, assim como cadastrar novos pretensos locadores de imóveis que queiram formalizar contrato com a Prefeitura de Manaus, uma Comissão Especial de Reavaliação e Renegociação de Contratos foi criada e já atua junto aos mais de 250 contratos vigentes. De acordo com o secretário da Semef, Ulisses Tapajós, técnicos já trabalham no levantamento de valores para orientar reduções a serem negociadas com os locadores.
Todas as negociações, assim como a avaliação de novos imóveis, serão feitos via Controladoria Geral do Município (CGM), por meio da Comissão de Avaliação de Imóvel (Coavil), composta por profissionais em corretagem de imóveis, responsáveis pelos parâmetros de avaliação de cada contrato.
Conforme explicou Tapajós, “a ordem do prefeito Arthur Neto é reduzir os custos em todos os setores da prefeitura. Já estamos trabalhando nisso e agora vamos direcionar este objetivo nos contratos de aluguéis”. Atualmente, segundo o secretário, o executivo municipal paga de aluguel mensal o referente entre 1,5% a 2,5% sobre o valor do imóvel. Para 2013, estes percentuais não poderão passar de 0,8%.
“Já estamos elaborando cartas com as propostas individuais para ser enviada a cada um dos locatários com contratos vigentes. Vamos chamar pra conversar e achar um acordo que seja bom para todas as partes e que esteja dentro das atuais realidades do mercado imobiliário”, disse.
Tapajós explicou ainda que a prioridade desta nova gestão é manter o pagamento dos contratos rigorosamente em dia, assim como liquidar paralelamente os meses em atraso. “A Prefeitura pagará mensalmente um mês em atraso junto com o vencimento do mês vigente”, finalizou.

Novos contratos
A partir deste mês de março a Coavil abrirá oportunidades para aquisição de novos contratos de imóveis que também atenderão as demandas das secretarias municipais. De acordo com o secretário da Semef, a maioria dos imóveis alugados para a Prefeitura de Manaus é destinado para escolas da rede municipal.
Os pretensos locadores poderão enviar propostas para o endereço eletrônico: coavil.cgm@pmm.am.gov.br, com fotos e especificações do imóvel, além da intenção de valor do aluguel. O imóvel proposto deve atender um padrão acima de 500 metros quadrados de área construída e possuir toda a documentação em dia, sem pendências junto aos órgãos da prefeitura.
É importante também que não haja nenhuma restrição junto aos órgãos de serviços básicos de saneamento, água e energia. Outra exigência é a planta baixa do imóvel assinada por um profissional com registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-AM).

.
ANDERSON FARIAS
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO – SEMEF
(92) 8842-1210