Em sete meses receita tributária já avançou 20%

Segundo Alfredo Paes, a estimativa é que o municipio feche o ano com receita global de R$ 3 bilhões

 

Em sete meses, a receita tributária do município já apresentou um crescimento de 20% em relação a 2011. Até julho, foram mais de R$ 397,3 milhões arrecadados com impostos e taxas municipais. Neste mesmo período do ano passado o montante arrecadado foi de R$ 331,4 milhões. Enquanto isso, no quadro isolado do mês de julho, essa receita foi de R$ 56,1 milhões, representando incremento de quase 8%.

No acumulado, a maior fatia veio do Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN) que arrecadou R$ 253,4 milhões e demonstrou um acréscimo de 14,7% frente a 2011. Já o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) alavancou 51% ao alcançar cifras de R$ 54 milhões. O menor montante foi do Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis, R$ 24,9 milhões, 25% mais que o ano anterior.

No quadro de receitas globais, onde entram os repasses dos governos estadual e federal, o montante acumulado de janeiro a julho é de R$ 1,7 bilhão, a evolução verificada chegou a 24,8%. Somente em julho, o montante global foi de R$ 235,6 milhões, 14,2 % mais que 2011.

De acordo com o secretário Municipal de Finanças, Planejamento e Tecnologia da Informação (Semef), Alfredo Paes, a saúde financeira do município tem mostrado controle e tende a crescer ainda mais até o final do ano. A previsão é que a receita global do município feche o ano em R$ 3 bilhões.

 

.

ASSESSORIA DE IMPRENSA – SEMEF

ANDERSONFARIAS (92) 8842-1210