ISS registra arrecadação histórica em outubro

Com a marca histórica de outubro, a receita acumulada do ISS já ultrapassa a R$ 411 milhões

 

O setor de serviços da capital amazonense está pujante nesta reta final do ano. É o que aponta os números de arrecadação da Prefeitura de Manaus, divulgados nesta quinta-feira, 07, pela Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef). Em outubro, o Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISS) atingiu uma marca histórica de R$ 52 milhões.
“Registramos uma arrecadação recorde em ISS. Pela primeira vez ultrapassamos o patamar de R$ 50 milhões em um único mês”, comemorou o subsecretário de Receita da Semef, Armínio Pontes. Segundo ele, além do crescimento do mercado e da economia, o desempenho também se deve a uma série de ações da Semef. “Através do corpo de fiscalização e dos auditores, estamos mapeando e fazendo um trabalho de inteligência fiscal em Manaus, buscando receita onde antes não havia contribuição e recolhimento adequado”, ponderou.
Com a marca histórica de outubro, a receita acumulada do ISS já ultrapassa a R$ 411 milhões, refletindo até agora 10% de evolução na comparação com o arrecadado de janeiro a outubro de 2012. Para Pontes, as expectativas são as melhores possíveis com perspectiva de que a arrecadação do imposto ultrapasse a marca dos R$ 500 milhões.

Receitas
A Prefeitura de Manaus atingiu sua segunda marca histórica do ano em receita tributária. No mês de outubro, os cofres do município registraram patamar de R$ 76 milhões. No confronto com o mesmo mês do ano anterior, o avanço foi de 14%.
De acordo com o subsecretário de Receita da Semef, Armínio Pontes, o resultado só não foi melhor que o registrado no mês de maio, quando os números chegaram a três dígitos. “Naquele mês tivemos a arrecadação da cota única do IPTU 2013, o que empurrou nossa receita tributária para a casa dos R$ 100 milhões”, justificou.
Já de janeiro a outubro, a receita tributária total, somou até agora mais de R$ 725 milhões, o que representa um avanço de 16% na comparação com o mesmo período do ano passado.
No acumulado global, onde são somados os recursos próprios aos repasses estaduais e federais, o município já dispõe de uma arrecadação de R$ 2,4 bilhões, R$ 305 milhões a mais que o ano passado.

.

ASSESSORIA DE IMPRENSA SEMEF
ANDERSON FARIAS (92) 8842-1210