Número de empresas novas cresceu quase 6% no Amazonas em 2011

Manaus – A Junta Comercial do Estado do Amazonas (Jucea) registrou a abertura de 3.845 empresas e a extinção de outras 795 firmas, de janeiro a julho deste ano, resultando em um saldo de 3.050 novas empresas em funcionamento.

O saldo positivo de 3.050 empresas é 5,94% superior ao saldo verificado no mesmo período do ano passado, de 2.879 empresas. Nos primeiros sete meses de 2010, 3.562 empresas foram constituídas, enquanto 683 oficializaram o encerramento de atividades.

Somente no mês de julho deste ano, 513 empresas foram formalizadas, enquanto 111 fecharam as portas, resultado em saldo positivo de 402 novas empresas em atividade. Apesar da diferença entre empresas constituídas e extintas ser positiva neste mês, o saldo é 31,29% inferior a julho de 2010, com 585 empresas.

 

Filiais

O número de filias abertas neste ano no Amazonas, até 31 de julho, chegou a 660 empresas, contra 143 firmas que fecharam as portas, restando um saldo de 517 empresas.

No Núcleo de Atendimento ao Empreendedor (NAE) é possível abrir micro e pequenas empresas com taxas a partir de R$ 150. O processo demora de dez a 30 dias, desde a abertura da empresa até a liberação do alvará de funcionamento, e todos os órgãos públicos necessários para formalizar a empresa estão dentro do NAE.

O Núcleo está localizado na Avenida Joaquim Nabuco, nº. 860, Centro e abriga postos de atendimento da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), Secretaria Municipal de Finanças e Controle Interno (Semef), Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Amazonas (Sebrae) e da própria Jucea.

 .

Fonte: Rafael Nobre
do Portal D24am