Pesquisa aponta Manaus como a terceira cidade mais rápida para se abrir uma empresa

Manaus é a terceira cidade do Brasil onde é mais rápido abrir uma empresa, atrás apenas Belo Horizonte (segunda) e Uberlândia (primeira). Os dados são do Instituto Endeavor – organização que incentiva o empreendedorismo – que, no último final de semana, divulgou um estudo focado em processos de licenciamento para novos negócios no país.
De acordo com a pesquisa, aplicada em 32 cidades de diferentes regiões metropolitanas do Brasil, uma empresa leva 46 dias para ser estabelecida na capital amazonense. Em Belo Horizonte e Uberlândia são necessários 44 e 24 dias, respectivamente.
Para o secretário Municipal de Finanças, Tecnologia da informação e Controle Interno (Semef), Ulisses Tapajós, os resultados da pesquisa confirmam os avanços do comitê da desburocratização da Prefeitura de Manaus, instituído pelo prefeito Arthur Virgílio Neto em outubro do ano passado. “A publicação é a tradução dos esforços feitos por meio do comitê, criado com intuito de simplificar os processos e contribuir para o nosso aumento de receita neste momento que é de crise”, disse.
Tapajós afirmou que semanalmente o comitê, formado por empresários e representantes das secretarias licenciadoras da prefeitura, se reúne semanalmente para analisar as simplificações dos processos. De acordo com ele, avanços já são contabilizados, como o portal de serviços, que já registrou mais de oito milhões de acessos em pouco mais de um ano. A implementação da RedeSim também faz parte dos avanços. “Continuaremos trabalhando para chegar a patamares cada vez melhores”, concluiu o secretário da Semef.

Pesquisa
O Gerente de Pesquisa e Mobilização da Endeavor, João Melhado, explicou que a pesquisa tem como base as ferramentas e o histórico de atendimento das secretarias licenciadoras de todo o país. Ainda segundo o gerente, o intuito da pesquisa é apontar eventuais desafios que possam ser superados pelas cidades e assim contribuir para o bom desempenho do empreendedorismo nacional.
“Mesmo diante dos melhores resultados obtidos por algumas capitais, reconhecemos que ainda temos muito a caminhar. Nos Estados Unidos, por exemplo, a pior cidade tem uma média de 32 dias para formalização de uma empresa. No Brasil, o pior caso leva mais de 300 dias”, relatou o representante da Endeavor.
Foto: Arlesson Sicsú

.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO – ASCOM SEMEF
ANDERSON FARIAS (92) 8842-1210