Prefeitura moderniza sistemas de ISS e cadastro empresarial

A partir desta terça-feira (1º), os contribuintes de Manaus já poderão acessar dois novos sistemas de gerenciamento da Prefeitura de Manaus: o GissOnline e o iCad. As novas ferramentas seguem a proposta de modernizar e facilitar a vida de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor de serviços da capital amazonense.

Para o secretário Municipal de Finanças (Semef), Alfredo Paes, a administração municipal dá mais um passo a frente com a utilização dos sistemas, tidos como os mais modernos do país. “Estamos atendendo uma determinação do Prefeito Amazonino Mendes, que é de atualizar e tornar eficiente o cadastro de contribuintes por meio da modernização tributária municipal”, ressaltou.

Com o iCad (Empresa Fácil), o empresário, profissional liberal, contador e qualquer pessoa física poderá solicitar e acompanhar através da internet, a abertura, alteração cadastral e até mesmo baixa da Inscrição Municipal, sem a necessidade de se deslocar até a prefeitura.

Enquanto o programa de escrituração eletrônica, GissOnline,  permitirá controle e gestão completa do Imposto Sobre Serviço (ISS). Com a nova ferramenta o município introduzirá controles de retenção na fonte (por substituição tributária), o que evita a perda de arrecadação e, ao mesmo tempo, orienta as empresas a procederem de forma correta na sua escrituração e declaração do imposto.

O contribuinte que tiver qualquer dúvida em relação à utilização dos novos sistemas, poderão ligar para a equipe de atendimento da Semef, que estará pronta para dar quaisquer orientações. Telefones: 3215-3417 ou 3215-3395 (Plantão Fiscal).

 

Eficiência

Além da facilidade dada aos usuários, a Prefeitura ganha eficiência na arrecadação de imposto mais importante do município, o ISSQN. Segundo Alfredo Paes já prevê continuidade do bom desempenho arrecadador do imposto “carro chefe” da receita municipal, o ISS.

Para se ter uma ideia, em setembro o imposto rendeu sozinho R$ 37,8 milhões, R$ 5,1 milhões a mais que o mesmo mês de 2010. No acumulado o montante já está atingindo a casa dos R$ 300 milhões, isso é praticamente 68% do bolo da receita tributária atual e o valor total arrecadado em 2010. O que indica mais uma superação de arrecadação para este ano e maiores investimentos no orçamento do executivo municipal.

.

Assessoria de Comunicação – SEMEF
Anderson Farias
(92) 8842-1210 / 3625-6855