Receita tributária cresceu 14,1% em novembro

 

Alfredo Paes aposta nos novos sistemas de gerenciamento da Prefeitura para alavancar receita

 

Em novembro, a receita tributária da Prefeitura de Manaus alcançou incremento de 14,11% em comparação com o mesmo mês do ano anterior. De acordo com o levantamento da Secretaria Municipal de Finanças, Planejamento e Tecnologia da Informação (Semef), as receitas próprias do município chegaram perto de R$ 50,8 milhões. Ano passado, a arrecadação de tributos do mesmo mês foi de R$ 44,5 milhões.

Entre os impostos municipais, o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) figurou mais uma vez como o maior destaque e arrecadou sozinho mais de R$ 35 milhões neste penúltimo mês do ano. Nesse caso, o montante verificado foi 14,7% maior que o arrecadado em novembro de 2010.

O secretário da Semef, Alfredo Paes, explicou que as empresas da capital amazonense ainda estão se adequando às novas ferramentas de Escrituração Eletrônica (GissOnline), Nota Fiscal Eletrônica (NFS-e) e Cadastro de Empresas online (iCad). mesmo assim, os sistemas já são realidades e devem ser essenciais para um maior salto da arrecadação municipal em 2012.

Já os repasses estaduais e federais feitos à Prefeitura no mês de novembro totalizaram montante de R$ 178,6, o que significou incremento de quase 12%. O maior destaque veio do Estado com o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que destinou repasse de R$ 86,5 milhões ao município.

 

Acumulado

De janeiro a novembro os cofres municipais já registraram receita superior a R$ 2,2 bilhões, incluindo receitas próprias e repasses estaduais e federais. Em comparação ao mesmo período de 2010, o crescimento já é de 10,2%. Os números já alcançaram os mesmo patamares do valor global acumulado em 2010 e deve superar com o fechamento de dezembro.

As receitas próprias do município foram responsáveis por mais de 24% do bolo total da receita. Em se tratando de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) a receita somada nesses 11 meses foi de R$ 49,4 milhões. Já o carro chefe da arrecadação municipal, o ISS somou R$ 363,4 milhões neste período.

.

ASSESSORIA DE IMPRENSA – SEMEF
Anderson Farias (92) 8842-1210