Receitas próprias registraram alta de 22% no semestre

“Os números positivos refletem a atual eficiência da máquina arrecadadora”. Alfredo Paes, Semef

 

A receita tributária do município fechou o semestre com alta 22,2%. Significa dizer que, de janeiro a junho, os cofres do município arrecadaram mais de R$ 341,2 milhões. As cifras são referentes a receitas de impostos e taxas municipais. Comparado ao mesmo período de 2011, o incremento deste ano foi de R$ 60 milhões.

Para o secretário Municipal de Finanças, Planejamento e Tecnologia da Informação (Semef), Alfredo Paes, os números positivos refletem a atual eficiência da máquina arrecadadora. “Estamos trabalhando continuamente por esse desempenho. Hoje contamos com instrumentos modernos para gerenciar o lançamento e a arrecadação dos tributos municipais, o resultado é este”, ressaltou o titular da pasta de finanças municipal.

O Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) foi o um dos tributos que obteve maior notoriedade deste semestre. Só ele representou uma fatia de 63% dentro do total de impostos próprios arrecadados de janeiro a junho, ou seja, R$ 215,7 milhões.

Já o Imposto Sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) demonstrou ascensão significativa, 69,3% e arrecadou mais de R$ 47,8 milhões nestes seis primeiros meses do ano. “Estamos trabalhando com uma nova base de contribuintes, que soma quase 500 mil cadastros imobiliários. Ano passado essa base somava pouco mais de 380 mil contribuintes. Este trabalho é êxito do SIG-Manaus (Sistema de Informação Geográfica), implementado pela Prefeitura”, explicou Paes.

Em se tratando de receitas globais, a arrecadação do município já chegou a R$ 1,4 bilhão – um crescimento de 24,9% frente aos números verificados no primeiro semestre do ano passado. Do montante, pouco mais de R$ 1 bilhão se refere às transferências correntes provindas do Estado e da União. A maior fatia veio do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), R$ 467,5 milhões.

 

Junho

Na receita tributária individual do mês de junho, os cofres municipais registraram um montante de R$ 93,4 milhões, o que significou um incremento de R$ 25 milhões em comparação ao mesmo mês do ano passado. Já a receita total, que soma os repasses estaduais e federais, chegou a R$ R$ 266,3 milhões, 13,8% maior que a registrada em 2011.

 

——————

ASSESSORIA DE IMPRENSA – SEMEF

ANDERSON FARIAS (92) 8842-1210